Sinopse

Você já parou para pensar de onde vêm seus alimentos? O macarrão, o extrato de tomate, o queijo, o vinho e o cafezinho? Bem, eles são produzidos pelos agricultores e pecuaristas, que enfrentam diariamente um mundo cheio de volatilidade, incertezas, complexidade e ambiguidade. Mas você sabia que, em algum momento dos últimos dez mil anos, todos os seres humanos eram produtores e consumidores de seus alimentos? E que o desenvolvimento da agricultura foi responsável por esta divisão? E que, assim, a agricultura também proporcionou a sociedade que conhecemos hoje? No entanto, a produção de alimentos não ocorre sem impactos nas propriedades, comunidades rurais e no planeta como um todo. Entender como chegamos até aqui, produzindo alimentos para 7,7 bilhões de pessoas, é fundamental para adotarmos sistemas mais sustentáveis. Por exemplo, as mesmas tecnologias que podem estar causando impactos indesejáveis na humanidade e no planeta também são essenciais para a mudança que precisamos fazer. Além disso, os mesmos consumidores que reivindicam alimentos mais saudáveis precisam entender esse sistema e colaborar para viabilizar uma agricultura mais sustentável. Além de discorrer sobre a história do desenvolvimento e sobre os impactos da agricultura, o autor também oferece sugestões e caminhos possíveis, visando entregar para as próximas gerações um mundo similar ao que recebemos. Assim, abra sua mente e ponha de lado seus julgamentos quanto aos sistemas de produção de alimentos atuais. Vamos precisar de tudo e de todos para esta revolução.